sexta-feira, 9 de julho de 2010

CARINHOS, CARÍCIAS?

É o maior clichê que as pessoas conhecem. Transar e depois ficar de carícias e beijinhos pra cá e pra lá. Pelo menos, em geral a maioria dos casais age assim, os casais héteros, os casais gays, e como é de se imaginar, principalmente entre duas mulheres.
Acredito que é justamente isso que as pessoas pensam: duas mulheres na cama, apenas entre beijos apaixonados, palavras e abraços amorosos.
Bom, se casais de mulheres fazem isso, tudo bem. Mas COMIGO e com a Flávia é bem diferente.
Eu sou o problema.
Pra mim, as carícias, os beijinhos e os carinhos são apenas para antes do sexo. Pra mim isso é apenas as famosas preliminares. Eu sei, isso é muito machista e estranho também, mas não consigo agir de outra forma, se fizesse diferente estaria sendo falsa, ou pior ainda estaria fazendo sem vontade, o que é muito ruim, pois ninguém gosta de ficar com alguém que não está a fim.
Eu sei que esta forma de agir com a Flávia com certeza não é a certa, eu tenho a consciência disso. Ela merece ganhar aquilo que ela me dá e tanto deseja.
O maior desejo dela se você perguntar é de que eu mude e lhe dê o carinho e a atenção que ela tanto quer.
Ela merece isso, aliás, todas as mulheres do mundo merecem isso. Mas EU não. Não gosto de ficar abraçando muito, beijando o tempo inteiro e o que menos gosto é de ficar fazendo declarações do meu amor todo santo dia. Tem mulheres que precisam disso: do carinho, da atenção, dos gestos amorosos, de ouvir o quanto são amadas.
Mas definitivamente eu não me encaixo entre essas mulheres.
Talvez isso mude um dia, eu mesma gostaria que mudasse, mas até agora eu apenas dou o carinho que chamo de excessivo ou preliminar, ou amassos somente na hora do sexo.
Repetindo, eu entendo que essa não é a forma certa de agir e que minha namorada não merece o pouco carinho que ganha, mas não vou engana - lá e fazer uma coisa que eu não quero.
Agora esclarecendo um detalhe: eu não transo e depois me viro, durmo ou vou embora. Eu converso com a Flávia, peço se ela gostou, falo uma ou duas frases bonitas, dou um beijo e depois vou saindo meio de fininho, ou fico com ela na cama conversando ou convido ela pra tomar um banho comigo.
Confesso que a imagem de transar, me levantar e começar a me vestir para ir embora me atrai muito, diria até que é um fetiche meu, mas tão cara-de-pau eu não sou e não faria tamanha maldade com ela.
Sim, as minhas fantasias são bem estranhas, mas como elas são minhas, elas me deixam louca de tesão e me atraem de um jeito absurdo.
Transar e depois esquecer que transei, ou colocando em melhores palavras: mudar de assunto, é mais uma de minhas fantasias, sei lá, faz parte da minha brincadeira e apesar de estranho é uma coisa somente minha.
De qualquer forma, eu trato a Flávia bem e a amo muito. Ela sabe disso e já se acostumou comigo.
Coitada!

4 comentários:

Títi disse...

putz, se eu falar que entendo também vou parecer "estranha"? mas essa de transou e já era é uma coisa safadenha néan amiga?! mto gostosinho! hahahah.... tipo gozei já, pronto! ahahahah adoro esse perigo! adorei o blog! vou acompanhar e linkar! bjos

nazinha disse...

Seu eu falar que sou assim vc nem acredita neh mas e bem assim que eu sou , não consigo ser diferente ...

Kellky disse...

mas essa de transou e já era é uma coisa safadenha néan amiga?! mto gostosinho)concordo com a TITI..
te entendo,tambem tenho fantasia de tranzar e ie em bora,mas não faço isso....ai ai mas é uma TENTAÇÃO fazer isso !!!

Lara Alcantra Quidoni disse...

Minha namorada é do mesmo jeito, e me sinto muito mal por ela ser assim, visto ser minha primeira mulher e estarmos juntas hà um ano e meio, eu fico meio insegura com ela...ms a amo d+ e, apesar disso, ela é muito protetora, faz com q eu me sinta bem...gostaria de ler um Depoimento de Flávia para me ajudar como lidar com essas atitudes...q não qro q ela mude tbm só para me agradar, qro q ela se sinta bem do jeito q estiver bem...HELP ME FLAVIA!..rs