terça-feira, 6 de julho de 2010

Cada história postada neste blog é extremamente verdadeira, sendo cada situação descrita devidamente realizada e prazerosamente aproveitada. Em tais relatos descrevo as transas que tenho com minha namorada, Flávia.
Este blog foi feito com a intenção de mostrar as pessoas como um casal gay pode ser feminino e viver normalmente na sociedade, tentando a vida juntas e sem a ajuda de ninguém e também mostrar como duas garotas podem transar e ter prazer pleno sem a ajuda de utensílios, como, conforme descrevo é apenas um mito.
Quanto às histórias não serem sinceras e parecerem ser escritas por um homem, infelizmente falta feminilidade em minhas palavras, o que posso aprender e corrigir normalmente. Talvez, eu seja mesmo um HOMEM POR DENTRO e sendo assim, minhas palavras saem com mais sinceridade ainda, pois descrevo nossos relatos na doce tarefa de relembrar cada transa.
Cada historia postada é uma ocasião em que transei ou tentei transar com minha namorada que está comigo há quase dois anos. E, SINCERAMENTE, se escrevo de forma muito masculinizada, que diferença faz?
O IMPORTANTE É TER AMOR E GOZAR.

2 comentários:

Kellky disse...

O IMPORTANTE É TER AMOR E GOZAR.é isso aí...
Mas EU não achei o seu texto masculinizada,hum...
as coisas contada no blog,são bem reais,coisas q eu faço com minha namorada(ou ainda vai fazer)
Não sei onde tirou a ideia de serem sinceras.....
bom essa é a MINHA opnião.
Bj menias,AMO seu blog fui.

Anônimo disse...

Oi meninas...

Só queria dizer que não disse, em meu comentário anterior, que não é verdade o que vcs escrevem...Tb pq sou lésbica,casada, e sei que transamos sim, e tão ou mais gostoso do que um casal hetéro.

Apenas disse que achava q , apesar de ser uma delícia de ler, não acho que o mundo precise de mais clichês.
Não acho que seja uma vantagem para nós, lésbicas, este tipo de visibilidade!
Acho q queremos mais e mais passar desapercebidas...Queremos ser vistas como dnas de casa, q plantam temperos, tem dificuldades, não sabem o que vestir, acordam com o cabelo ruim....Enfim...mulheres como qquer outra!

Concordo com o q a Kelly disse, acho q isso de ficar contando é coisa de "moleke de 20 anos"...Ou talvez,como a Clara mesmo disse, seja apenas o jeito de escrever...Não muito feminino, que dá este ar.
Não estou criticando.A história é sua, e é seu direito contar como quiser!rs
(Na verdade escrevi m opinião pq perguntaram!rs)

Apenas não acho q combine muito (este jeito de escrever) com o (pouco) q conheço de vcs.
Se dizem femininas, e são, pude ver pelas fotos...São casadas, tem um template super feminino...Esperava um pouco mais de poesia.

São casadas há qto tempo?
Sou casada há 7 meses...Não vou ficar aqui desanimando ninguém, heheh.

Adorei o texto da Flávia! Gostaria de saber estas coisas tb, estas particularidades da vida de vcs.
Pq a gente não se vê na novela...É só casal hetero p cima e p baixo.
Fico curiosa p saber como vivem outros casais lés...o que cozinham, pq brigam...hauaua.

Ah, sou a Nanda, mas n consigo logar aqui com meu nome.È a segunda vez já.Vcs deixaram comentário no meu blog, até.
(podiam sequir, neh?)

Um beijo...Boa sorte em tudo!