terça-feira, 26 de outubro de 2010

Acabou! E agora?

Aproveitando o tema anterior “Será que meu namoro está no fim”, decidimos criar um post sobre depois do fim, de como agir. Aliás, muitas pessoas entraram em contato conosco pedindo dicas para tal. Então...
Quem, após o fim de um relacionamento, já não desejou nunca sofrer?
Seria fácil, não?
Já imaginou um relacionamento em que não há expectativas nem envolvimento?
Sem ambas não haveria decepção nem perda.
Mas, como sabemos que o sofrimento é uma constante em nossas vidas, aí vão algumas dicas de como superar o término de um namoro...:
O maior problema com relação ao fim de um namoro é que a gente pode até saber das coisas, mas a gente não consegue senti-las. Não conseguimos sentir que tudo passa. Não conseguimos enxergar a possibilidade de outro amor no futuro. A dor parece não ter fim. A vontade de chorar aparece em horas impróprias e inesperadas. Não há pote de sorvete no mundo que apazigue essa dor tão intensa e subjetiva. Mas ajuda, né? ^^
É engraçado ver como cada um procura estabelecer comportamentos-padrão para seguir após o término. Uma espécie de “regras da separação”. Já vi gente que queimou fotos, já vi gente que passou mais de um mês isolado em casa. Hoje em dia, no mundo moderno, já vi gente cometer orkuticídio, colocar letra de música depressiva no blog.
É. Terminar é complicado mesmo. E para mulheres, então? Não conheço UMA que não passou o mês seguinte analisando cada detalhe da relação, se perguntando o tempo todo “será que eu tentei o suficiente?”, “será que eu exagerei?”, será que ele(a) nunca me amou?”, “será que ele(a) me quer de volta?”, “será que eu não devia ter terminado?”. A obsessão amorosa parece mesmo genética nas mulheres. ¬¬’
Eu nunca pensei em criar regrinhas para um término. Mas pensando em ajudar as muitas pessoas que nos escrevem, cheguei à seguinte conclusão:

AS REGRAS DO TÉRMINO

1. esconda as fotos de sua ex e de vocês juntas e felizes, mas não as destrua. Depois que tudo passa e você desapaixona, é um arrependimento só. Afinal, as pessoas, quando entram na nossa vida, passam a fazer parte de toda a nossa história;

2. cerque-se de atividades e inove. Volte a ter contato com amigas que não vê há tempos e vá sempre pra lugares aonde nunca ou raramente foi. Explore sua própria cidade, como se fosse turista. Pode até paquerar na noite fingindo que é turista mesmo. Invente um sotaque! =P

3. afaste-se de filmes românticos hollywoodianos. Ninguém vive feliz para sempre. Só vão te fazer mal. Aposte nos extremos: comédias hilárias para se distrair ou dramalhões absurdos, para chorar com outra justificativa que não seja o fim do namoro;

4. NADA DE BISBILHOTAR NO ORKUT, FACEBOOK, BLOG, FOTOLOG, TWITTER, ou seja lá o que for!

5. comece a namorar com você mesma. Se dê os presentes que você queria. Vá ao salão, compre um vestido, passe batom carregado de gloss. Você não tem que ficar beijando ninguém mesmo. Mas nada de cortar o cabelo curtíssimo num impulso. Se ficar ruim, você vai se sentir pior;

6. se você é daquelas que realmente não consegue tirar da cabeça o término, apele: faça serviço voluntário numa creche, visite um parente falecido no cemitério, faça qualquer coisa que te mostre como um fim de namoro é, na verdade, algo pequeninho na dinâmica da vida e do mundo;

7. tente se convencer, todo dia um pouquinho, que o fim de um namoro nada mais é do que a oportunidade de se começar outro. Se um amor foi embora, é porque há um outro ansioso para te conhecer. Olhos abertos. E se precisar, pode ficar lembrando de todos os defeitos de seu antigo amor. É um ótimo jeito de ver que não estamos perdendo grande coisa;

8. permita-se desabar, e, para isso, tenha sempre números emergenciais das amigas mais íntimas e disponíveis. Às vezes chorar num ombro tem mesmo efeito mais benéfico do que chorar só no próprio travesseiro. Permita-se sofrer. Quando você finge que está bem, acaba passando um ano muito mal;

9. exercite sua gratidão. Lembre-se que se apaixonar não é fácil e nem tão comum quanto pensamos. Quem amou de verdade, deve ficar muito feliz de não se descobrir incapaz de se entregar para alguém de corpo e alma. Isso é raro, é um presente;

10. espere. Se dê tempo. Ele age de forma surpreendente. Por isso, leve o tempo que precisar, contanto que não esteja se acomodando na depressão. É o clichê do século, mas é verdade: o tempo cura todas as feridas. E lembre-se sempre “tudo passa, até uva passa”. XD

Não adianta você rondar o telefone e nem esperar pelo seu toque mágico. O amor se foi e acreditar na sua volta faz você sofrer ainda mais do que a dor do momento final da separação.
Quando o amor termina só de um lado, o melhor é tomar consciência da perda por inteiro, até o fim, sofrer de uma vez só e de tal maneira, que por maior que fosse o amor, melhor será o esquecimento.
Não há mais mãos que se encontram no silêncio, não há mais olhares que se cruzam cúmplices. É a estação dos beijos que se findou, é o vazio que chegou e você, sem preparo ou previsão, não guardou nada para si. Nenhum amigo, nenhum programa pessoal, nenhum simples cantinho da existência que pertencesse só a você, que não tivesse sido devassado. Você tudo partilhou, tudo aceitou, e agora precisa vencer a dor e organizar de novo toda sua vida.
Por isso, não fique aí esperando que, num milagre de novela, a força do amor extinto se revigore, trazendo ao momento presente o doce e apaixonado elo que se perdeu. Para tanto, deixe de rondar esse telefone, deixe de esperar pelo e-mail que não vem.
Quando o amor acaba, o que se deve fazer é vestir a melhor roupa, sair para passear e interagir com a vida, com o universo do cotidiano: ir ao cinema, atravessar a praça, fazer um curso de autoconhecimento ou meditação, abrir as portas para a vida e para um novo amor.
Por isso, esqueça esse telefone, saia e deixe em casa o celular. Vá para vida que a vida virá para você. By Flávia



Amanhã, mais uma vez respondendo aos e-mails que recebemos, um post sobre como sair do armário!
Beijocas! =P

9 comentários:

Anônimo disse...

nossa meninas esse post foi perfeito pois meu namoro acabou ontem,lembram que falei que só faltava oficializar com ela entao ontem mesmo fizemos isso...o que foi ate legal foi quue terminamos numa boa sem troca de acusaçoes e ainda por cima ate fizemos amor pela ultima vez e ainda falamos q nos amavamos mas que nao tinha mais jeito de ficar juntas(nao sei se foi certo mas no momento) agora estou aliviada e nao triste,pena que agora quem ta mal é ela pois eu achei e sempre nas outras vezes que brigamos era ela que ficava bem e eu q quase morria..mas enfimm essa dicas serao de grande valia agora
Beijos meninas felicidades pra vcs e amo o blog (que achei sem querer diga-se de passagem ) ate maisssss

Anônimo disse...

belo texto .. terminei o meu namoro ontem com uma menina, namoramos a 9 meses, foi perfeito até ela arrumar um emprego e se achar a pessoa mais independente do mundo e achar que eu devia viver a mercê das escolhas dela, então a arrogância surgiu e aos poucos eu fui me esgotando .. então aquilo foi enchendo e por fim, terminamos, mas sinto que ainda voltaremos .. enfim, vou seguir as dicas e vê no que vai dar !
Obrigado pelas dicas !

Maria luiza Malu disse...

Muito bom ela termino comigo onteç ainda ta forte aki sabe nao posso escutar uma musica que lembro dela dos nossos momentos juntas ta fodahh eu quero mudar de cidade choro todo momento por ela

Anônimo disse...

Muito bacana o texto.
Eu que lido muito com mulheres que se separaram, e também já passei por uma separação dolorosa, sei bem como essa fase é difícil.
Só mesmo com muita preparação, tranquilidade, foco e ajuda externa para que tudo isso passe sem causar tantos danos.
P.S: como meu trabalho envolve muita discrição não coloquei aqui a minha identificação, mas caso alguém queira conversar a respeito basta me procurar no e-mail tati.neves02@hotmail.com

Felicidade e harmonia a todas!!!!

Anônimo disse...

Eu e minha ex terminamos e ela voltou para o pais dela, o motivo da separação foi porque eu errei com ela(fiquei cm outra pessoa). Ela estava na minha casa e sofreu muito, quando ela foi embora nossa chorei muito , emplorei, cai na real e vi q tudo q fiz n valeu a pena e que realmente ela era quem eu amava.. Mas nada adianto, ela foi embora na mesma, sem olhar pra tras, falando pra mim q n me amava mais , mas mesmo assim demonstrava ciume , chorava e me beijava. Mesmo depois de td isso , ela foi embora ,chegando lá nao falou comigo e me bloqueou em todas as redes, eu sofri muito, sofri horrores parecia q ia morrer , corria atras mandava mensagem todo o dia, ligaava pra casa dela pra saber se ela estava bem, até q chegou um ponto que eu vi que já n teria mais volta e decidi parar de procurar... Não fez tres dias e ela me manda mensagem,papo como qum nao quer nada perguntando da minha familia e como eu estava.... Já fez quase 3 semanas q ela n esta mais cmg, ela cntinua cnvs cmg por rede social, tem plano de vir pra ca dnv mes q vem, no entanto tem saido mt cm as amgas e eu vivo na desconfiança, pq eu ja errei cm ela e por mais q n o volte a fazer , tenho medo dela errar cmg e estar me iludindo ou usando...

Unknown disse...

Nossa amei as dicas ...descobrir q as dicas heterossexuais não serve pra nós lésbicas kkkkk pq nada oq eu tinha lido resumiu tudo q já senti nesse 2 meses do fim do meu casamento de 5 anos...pra pior ela tá com uma menina q eu namorei por 7 meses isso enquanto estavamos separadas a meses atrás ..estranho um sentimento t que ambas querem me ferir e querem substituir um pessoa mais não os planos...nunca sofri tanto na minha vida....ainda a amo inexplicavelmente ....maos vai passar.

Isabela Nascimento disse...

Nossa amei as dicas ...descobrir q as dicas heterossexuais não serve pra nós lésbicas kkkkk pq nada oq eu tinha lido resumiu tudo q já senti nesse 2 meses do fim do meu casamento de 5 anos...pra pior ela tá com uma menina q eu namorei por 7 meses isso enquanto estavamos separadas a meses atrás ..estranho um sentimento t que ambas querem me ferir e querem substituir um pessoa mais não os planos...nunca sofri tanto na minha vida....ainda a amo inexplicavelmente ....maos vai passar.

Unknown disse...

Meu casamento acabou a exatamente um mês e eu fiz tudo errado,corri atrás,sufoquei,acusei e fui acusada...nossa! Foi horrível. Mais adorei esse texto é vou buscar fazer algo por mim,já que antes tudo era feito c ela e pra ela. Difícil aceitar,difícil n olhar pra trás,mais difícil ainda é me adaptar a outra cidade já que tive que me mudar de volta pra casa da minha mãe depois que acabou.... mas vamos levantar a cabeça e continuar lendo textos e buscando ajuda até conseguir esquecer o que ae passou.

leide laurett disse...

Meu casamento acabou a exatamente um mês e eu fiz tudo errado,corri atrás,sufoquei,acusei e fui acusada...nossa! Foi horrível. Mais adorei esse texto é vou buscar fazer algo por mim,já que antes tudo era feito c ela e pra ela. Difícil aceitar,difícil n olhar pra trás,mais difícil ainda é me adaptar a outra cidade já que tive que me mudar de volta pra casa da minha mãe depois que acabou.... mas vamos levantar a cabeça e continuar lendo textos e buscando ajuda até conseguir esquecer o que ae passou.