terça-feira, 18 de outubro de 2011

Fetiche II

Quando chegamos à garagem pedi um beijo. Aquele beijo me ascendeu novamente então puxei a mão de Flávia para minha calcinha e puxei-a para o lado. Os dedos de Flávia facilmente penetraram minha vagina, senti-os largos e compridos e quis mais. Mais que o habitual, já que minha namorada sempre me comeu enfiando só a metade dos dedos, desta vez (e ultimamente) eu queria mais, então ela me fodeu toda com os dedos até onde entravam em mim. Sentia que o meu orgasmo estava próximo, mas cada vez que eu estava quase gozando o orgasmo passava, a tensão de estar na garagem de casa em uma rua cheia de vizinhos me deixava mais tensa do que transar naquela rua que não era minha e foi assim umas três vezes até que finalmente pedi que ela me fodesse mais forte e gozei. Meu gozo foi intenso, especialmente nesta noite queria sentir os dedos fortes dela, entrando e saindo com brutalidade de minha vagina.
Em casa, na cama, estávamos assistindo televisão e conversando quando começamos a nos beijar novamente. Minha bucetinha queria sentir aqueles dedos maravilhosos e delicados mais uma vez. Não há regras entre nós, só o mais frequente: eu ativa, ela passiva. Mas há dias em que sinto um desejo enorme de dar para a Flávia, está em mim, está em nós mulheres, às vezes preciso ser comida. No primeiro beijo já lhe pedi que me acariciasse novamente. Conforme ia massageando meu grelo seus dedos entravam um pouquinho e logo já estavam dentro de mim, entrando e saindo, me fazendo revirar os olhos.
Suas unhas, que estão sempre compridas, me arranhavam e me cortavam levemente fazendo com que meu sangue e meu gozo se misturassem. O cheiro adocicado do sangue era divino e a foda que a Flávia estava me proporcionando também. Queria sentir no fundo, queria que ela me tocasse o mais profundo que alcançasse, em movimentos circulares... Circular, circular... assim, mais, mais... não pára...! Ahhhhhhhhhhhhh... Eu te amo Flávia.

8 comentários:

A Vida De Uma Lésbica disse...

nossa amor no carro é mt bom rs.

uma vez fomos em uma boate GLS e eu disse p meu amor que queria fazer amor no carro ai pegamos o carro e fomos na rua do lado bem iluminada mas ja era umas 4 ou 5 da manha fizemos amor bem gostoso no banco de tras...



foi mt bom


bjs meninas

JOSENI LIMA disse...

"As pessoas entram em nossas vidas por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem." A.D.

Postei as duas matérias no meu blog com os devidos créditos.
QUE MARAVILHA A MATÉRIA!!
Depois voltarei pra pegar mais matérias.
SUCESSO!!
Espero tua visita!!

Tainá Arruda disse...

Oooi, gostei do blog, sabe. =) Beijos

Anônimo disse...

ohhh quando posta mais??? tou com saudades

Cau disse...

Só te enganaste numa coisa...Ela é activa e tu passiva...ao contrário, mas de resto tá fixe ;)

bjs

Letícia Reisdorfer disse...

Cadê mais posts? Sinto falta poxa ;/

Filmes de Lesbicas disse...

Adorei o beijo... Fiquei com agua na boca...

adriana sexyshop disse...

adorei o poste mais tambem to sintindo falta de mais